Notícias

  • Twitter
  • FaceBook

Fenabrave: MT promete estimular setor automotivo

Nesta terça-feira (8), Cuiabá sediou a terceira edição do Encontro Regional promovido pela Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave Regional Mato Grosso).

O evento reuniu lojas distribuidoras de veículos novos, gestores, colaboradores, autoridades políticas e empresas fornecedoras de produtos, serviços e equipamentos para concessionárias da região. Na cerimônia de boas-vindas, representando o governador Mauro Mendes, o secretário-chefe da Casal Civil, Mauro Carvalho, citou propostas do governo que devem impulsionar o setor.

De acordo com Carvalho haverá mudanças na área de inspeção veicular e no pagamento do IPVA. “Em relação ao Detran-MT, nessa semana o governo colocou um edital para cadastrar as empresas que são homologadas no Brasil para que todas as taxas do DETRAN (como IPVA e licenciamento ) sejam pagas com cartão de crédito em até seis pagamentos sem juros. Estamos lançando nesses próximos dias um edital para começar a cadastrar as empresas para fazer as vistorias e as pessoas não terem mais necessidade de deslocar até o Detran”, destacou.

O secretário também falou sobre novidades para o segmento de linha amarela (máquinas pesadas utilizadas principalmente na construção civil). “A linha amarela passa ter competitividade com relação a Goiás, através de mudanças na forma de tributação”, afirmou. O Estado, dentro das suas políticas, deve reduzir em 2020 o número de veículos locados, adquirindo frota própria. Também deve ampliar o período mínimo para a revenda de veículos adquiridos pelas locadoras. “Estamos trabalhando numa emenda para comprar 350 veículos e, logicamente, nos preocupa muito a manutenção dessa frota. Devemos ter contratos com mais equilíbrio e firmados junto com a compra. Garantimos serviços, manutenção e que o servidor tenha estrutura de trabalho”, pontuou.

O presidente da Fenabrave Nacional, Alarico Assumpção, com cerca de 50 anos de experiência no setor, se lembrou da trajetória. Ele, que iniciou como balconista em uma loja, falou sobre as transformações ocorridas no setor ao longo de décadas. “Orgulho-me de setor em que atuo, que vive a desenvolver competências e a gerar empregos. Meu grupo conta com 1.200 colaboradores. Só posso desejar muito progresso a todos”, disse Assumpção.

O diretor do Itaú responsável pela área de veículos, Rodnei Bernardino, acredita na parceria com o setor. “Troca de experiência que é uma maneira de estar próximo, reforçando o compromisso com todo o setor, mostrando que estamos investindo na área de veículos e acompanhando o potencial do Estado do agronegócio. Nós apostamos neste potencial”.

O deputado estadual Carlos Avalone disse ser parceiro do setor e lembrou que esta é a segunda vez que participa do evento. “Eu acompanhei e contribuí para dar mais competitividade ao segmento de linha amarela. E frisar a importância desse evento para economia local que discute novas tecnologias, novos mercados que movimentam o comércio local, com locações, buffet e passagens aéreas, por exemplo”, disse.

Diretor da Fenabrave Regional Mato Grosso, Paulo Boscolo destacou que o setor arrecada anualmente aproximadamente R$ 600 milhões e que as novas medidas podem fazer esse número alcançar R$ 800 milhões em breve. “São boas notícias e o setor agradece e entende os esforços do governo diante de uma máquina pública que tem a missão de gerir melhor o Executivo. Esperamos êxito nesta proposta. Ganha o setor, ganha a economia local, governo e nossos clientes”, considerou.

O evento iniciou na noite deste dia 8 e ocorre até às 19h deste dia 9 de outubro. A programação inclui palestras para desenvolvimento de negócios, evolução do atendimento ao cliente e debate sobre o futuro do setor. A programação também inclui visitação à feira com 20 marcas de diversos serviços presentes.

Fonte: Fenabrave, Cenário MT; Imagem da web
(11/10/2019)
  • Twitter
  • FaceBook