Notícias

  • Twitter
  • FaceBook

São Paulo consome 41,5% do etanol vendido no país

O consumo de etanol disparou em 2009. Enquanto a venda de combustíveis cresceu 2%, em media, em relação ao ano passado, o consumo de álcool subiu 24,9%. Só para se ter uma ideia do aumento, a venda de gasolina ficou praticamente estável com apenas 0,1% e a de diesel teve queda de 2%.

São Paulo é um dos grandes responsáveis por esse aumento. O estado é o único do país no qual as vendas de etanol superam as de gasolina. De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), as vendas de etanol no estado representaram 6,9 bilhões de litros, 41,56% do que foi consumido no país neste ano, enquanto as de gasolina, foram 5,4 bilhões (21,6% do total).

Segundo os especialistas, um dos motivos da alta do consumo de etanol foi a redução do IPI dos automóveis até setembro e a manutenção de uma redução do imposto, que aumentou a venda de carros bicombustíveis.

"Superamos a marca do ano passado quando havíamos batido um recorde histórico, então esse ano, vamos bater outro recorde histórico", diz o gerente de uma concessionária de Ribeirão Preto, Richard Mussalam.

Segundo o vice-presidente da Associação Brasileira do Comércio Varejista de Combustíveis (Brascombustíveis), Renê Abbad, outro fator que contribuiu para o aumento do consumo de etanol foi o preço. "O etanol foi muito vantajoso durante todo o ano, ele chegou a 45% do valor da gasolina", afirmou.

A previsão da Associação é que, em 2010, o consumo de etanol super o da gasolina em todo o país.

Fonte: UDOP
(21/12/2009)
  • Twitter
  • FaceBook