Notícias

  • Twitter
  • FaceBook

Venda de motocicletas cai 16,42% em 2009

Da Agência BrasilSão Paulo - As vendas de motocicletas caíram 16,42% em 2009, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Este recuo colaborou para que as vendas totais de automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus e motocicletas caíssem 0,13% em 2009 em relação ao resultado do ano anterior.

De acordo com a entidade, as vendas de automóveis cresceram 13% e as de comerciais leves, 11,39%. O resultado global , entretanto, foi influenciado pelo comércio de caminhões, que caiu 11,47%; de ônibus, com redução de 14,19%; e de motocicletas, que diminuiu 16,42%.

“Só não fechamos ainda mais em alta porque não vendemos tantos caminhões – cujo comércio só não cresceu por falta de produtos – e pelas motocicletas, um dos setores mais sacrificados, pois quem compra precisa comprovar crédito”, disse o presidente da entidade, Sérgio Reze.

Na avaliação dele, 2009 terminou de forma razoável para o setor. “Foi um ano de satisfações. O país está muito diferente do que o Brasil viveu em outras situações no passado.”

Para este ano, Reze prevê um crescimento que classifica de “fortíssimo”, de 10,2%. “Em 2009 crescemos mais do que a economia, não foi extraordinário, mas crescemos. Esperamos que em 2010 seja compatível com o crescimento da economia.”

Segundo as projeções da Fenabrave, a venda de automóveis e comerciais leves deve crescer 9,73% e de caminhões, 13,50%.(Ivy Farias)

Fonte: UOL
(05/01/2010)
  • Twitter
  • FaceBook