Notícias

  • Twitter
  • FaceBook

Gás da Bolívia deve subir 7,5% este mês

O gás natural boliviano vendido pela Petrobras às distribuidoras estaduais de gás deve ser reajustado em 7,5% no início deste mês, segundo fonte a par do processo que preferiu não ser identificada. Com isso, o preço do insumo boliviano dever ficar em ÜS$ 7,03/MMBTU no primeiro trimestre de 2010, contra os US$ 6,55/MMBTU apurados no quarto trimestre de 2009. O novo preço do gás boliviano deve ser informado pela estatal às concessionárias dentro de alguns dias.

O reajuste neste primeiro trimestre decorre da valorização das cotações do petróleo e do óleo combustível no mercado internacional nos últimos meses. Isso tem influência no preço do gás porque a fórmula de reajuste está atrelada a uma cesta internacional de óleos combustíveis, considerando uma média dos últimos seis meses. A Petrobras ajusta o preço do gás boliviano trimestralmente.

Em 2009, o valor chegou a registrar queda diante das baixas cotações do petróleo durante a crise global. Apesar do novo reajuste, o repasse da alta do preço do gás boliviano aos consumidores depende da política comercial de cada uma das distribuidoras que compram o insumo. Hoje, o gás da Bolívia é distribuído no Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Fonte: Jornal do Commercio - RJ\GasBrasil
(08/01/2010)
  • Twitter
  • FaceBook