Notícias

  • Twitter
  • FaceBook

Motos flex foram as mais vendidas em 2009 na categoria 150cc

Há menos de um ano no mercado, as motocicletas flex - movidas à gasolina ou etanol – da categoria 150 cc, da montadora Honda, venderam 70% mais que as motos convencionais de mesma cilindrada. Apesar da elevada retração do mercado de motocicletas no ano de 2009, as vendas dos modelos flex chegaram a marca de 183 mil unidades. As informações são da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas (Abraciclo), compiladas pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA).

“Hoje estima-se que a frota de motocicletas gire em torno de 11 milhões de unidades, o que representaria algo em torno de 3,5 milhões de veículos em termos de consumo, ou seja, 37% da frota total de veículos flex, que é 9,4 milhões”, disse Luciano Rodrigues, assessor econômico da UNICA.

Para Rodrigues, as motos flex tendem a se consolidar cada vez mais junto aos consumidores, uma vez que foram lançadas para suprir uma demanda existente há muito tempo nesse mercado. “Espera-se que no próximo ano o número de modelos flexíveis oferecidos pelos fabricantes de motocicletas aumente, intensificando esse novo driver de demanda de etanol no mercado doméstico”.

A Honda é a fabricante dos dois modelos flex disponíveis atualmente no Brasil, a CG 150 Titan Mix, lançada em março de 2009 e a NXR 150 Bros Mix, em setembro.

Fonte: Abraciclo/Unica
(28/01/2010)
  • Twitter
  • FaceBook