Notícias

  • Twitter
  • FaceBook

Agronegócio: Superávit comercial em setembro de US$ 7,1 bilhões

O agronegócio foi responsável por 42,9% das exportações totais do Brasil no mês. Por valor exportado, o complexo soja ocupou em setembro a primeira posição, com US$ 2,4 bilhões.

As exportações do agronegócio brasileiro em setembro somaram US$ 8,17 bilhões, queda de 4,5% em relação a igual mês de 2017. Segundo o Ministério da Agricultura, as importações do setor totalizaram US$ 1,07 bilhão, recuo de 6,4% na comparação anual. Assim, o superávit do setor no mês passado foi de US$ 7,1 bilhões, 4,17% abaixo do registrado em setembro de 2017.

As vendas do complexo sucroalcooleiro recuaram US$ 554,1 milhões e a dos cereais, farinhas e preparações, US$ 307 milhões. "Por outro lado, registraram crescimento o complexo soja (+US$ 379,9 milhões) e os produtos florestais (+US$ 145,4 milhões)", disse a pasta, em nota. O agronegócio foi responsável por 42,9% das exportações totais do Brasil no mês.

Por valor exportado, o complexo soja ocupou em setembro a primeira posição, com US$ 2,4 bilhões, sendo US$ 1,83 bilhão apenas com grãos. As vendas de farelo somaram US$ 508,35 milhões (+30,7%) e 1,29 milhão de tonelada (+10,8%), enquanto para o óleo de soja foram US$ 62,18 milhões (+171,1%) e 91,27 mil toneladas (+264,4%).

As exportações de carnes somaram US$ 1,41 bilhão em setembro, 2,7% acima de setembro/17. "Houve recorde histórico na quantidade mensal exportada de carne bovina in natura: 150,66 mil toneladas. Foram exportados US$ 698,01 milhões em carne bovina e US$ 572,5 milhões em carne de frango no mês. Em conjunto, os dois produtos foram responsáveis por 90% do valor exportados pelo setor de carnes", disse o ministério. "As exportações de carne suína sofreram queda de 32,5%, alcançando US$ 93,65 milhões. "No acumulado do ano, as exportações do agronegócio totalizam US$ 76,66 bilhões, resultado 3,6% superior ao de US$ 73,98 bilhões de janeiro a setembro do ano passado. 

Fonte: Estadão Conteúdo, Revista Globo Rural; Foto obtida do portal SlideShare
(11/10/2018)
  • Twitter
  • FaceBook