Notícias

  • Twitter
  • FaceBook

VW lança elétrico com 540 km de autonomia

Volkswagen lnçará linha ID elétrica com autonomia de 540 km. A Volkswagen anunciou que a produção das versões elétricas do ID, I.D. Crozz, I.D. Buzz e I.D. Vizzion estão virtualmente completas em termos de design e desenvolvimento.

A linha ID terá um motor elétrico de 170 cv. Permitindo que o hatchback, por exemplo, acelere de 0 a 100 km/h em menos de 8 segundos. Os modelos também terão bateria modular com durabilidade de 321 km a 547 km.

Outra novidade é que os veículos vão oferecer uma nova arquitetura eletrônica, chamada E3. A plataforma acrescenta um processador mais potente e um novo sistema operacional vw.OS, capaz de receber atualizações sem fio. Segundo a Volkswagen, o sistema vai permitir manter os veículos atualizados durante toda a vida útil.

A iniciativa visa acompanhar o crescimento do mercado de carros elétricos, cujas vendas subiram 60% no ano passado. Assim, a Volkswagen anunciou que pretende vender em torno de 150 mil veículos do tipo até meados de 2020. De acordo com Thomas Ulbrich, chefe de mobilidade elétrica da Volkswagen, os modelos ID hatchback e ID Crossover vão corresponder a 100 mil dessas vendas. A montadora pretende ultrapassar um milhão de unidades entregues até 2025.

Personalização dos ID

Os clientes também poderão optar por opções personalizadas na compra dos veículos. A escolha pela bateria dos carros, por exemplo, vai permitir ao motorista analisar a opção que melhor se adapta ao próprio uso. A montadora afirma que a opção vai diferenciar o preço final de modelos projetados para a cidade em comparação a modelos para longas distâncias.

Quanto aos modelos da linha ID, a recarga das baterias em estações de recarga rápida, segundo estimativas da companhia, devem demorar 30 minutos, aproximadamente. No entanto, uma vez que a expectativa é que a maior parte dos veículos seja recarregada em casa, a Volkswagen vai oferecer aos consumidores modelos de carregadores de parede. O custo inicial está calculado em 303 euros (modelo mais simples). A carga total será possível em uma noite.

Quanto ao debate sobre gastos de energia decorrentes da popularização dos modelos elétricos, a Volkswagen afirma que não será um problema. Cálculos da montadora apontam que um milhão de carros elétricos consumiriam aproximadamente 2.4 TWh de energia por ano, enquanto o consumo anual de energia na Alemanha é de 517 TWh. Os carros elétricos, portanto, representariam apenas 0.5% do aumento da demanda por energia.

Fonte: Estadão, Fenabrave; Foto de divulgação da VW
(11/10/2018)
  • Twitter
  • FaceBook